segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

é.

Já chega.
Alguém um dia disse para que tenhamos esperança, porém, este mesmo alguém talvez tenha por um segundo esquecido o quão angustiante é esperar por algo que, embora o coração acredite, a mente saiba que nunca virá a acontecer.
Coloco para fora por meio de lágrimas, o que a boca custa a dizer, e os olhares teimam em mostrar.
Ao menos te tenho junto á mim em meus sonhos. Ahh, os sonhos! Meu mundo particular de desejos e vontades. Onde reina seu olhar, seu sorriso apenas para o meu.
O amor, a paixão, o desejo. São mesmo sentimentos um tanto complexos de se entender.
"João amava Teresa que amava Raimundo. que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili. (...)" (Carlos Drummond de Andrade)
Nunca esse poema de feição tão inocente me fez tanto sentido e me coube tão bem como neste momento.
Aaaah, apenas uma certeza martela-me á cabeça: estou disposta a esquecer-te. Também mereço ser feliz :)
O que o faz pensar que sou como uma boneca que pode-se usar para brincar quando der-lhe vontade?


domingo, 14 de dezembro de 2008

Confissões

Escrito por Fernanda Costa, amiga e confidente ;)

Já cansei de fingir que está tudo certo
Tudo na boa.
Porque nada está!
Será que você não percebe?
Eu já tentei de tudo
Mas você nunca mostra o mínimo de esforço
Para tentar fazer isso funcionar.
Então vamos direto ao ponto.
Você acha que pode me fazer de boneca?
Você realmente acha que eu sou um brinquedo
Que você usa e depois pode largar?
Pois saiba que as coisas não funcionam assim.
Já cansei de ser fantoche na mão dos outros
Eu sou tão humana quanto você!
Então me trate com um pouco mais de respeito
Se você também quiser ser respeitado.
Eu não sou o tipo de garota que,
Apesar de não terem essência nenhuma por dentro,
Estão sobrando por aí.
Eu sou muito diferente, e você devia ter percebido que
Eu não finjo ser quem eu não sou.
Vou deixar essa frase pra você pensar.
Meditar. Calcular.
Mas não pense que você poderá usar isso contra mim,
É exatamente o contrário que irá acontecer.
Estou anos-luz à sua frente.
Enquanto você está nos planos,
Eu já estou na ação.
Eu aparecerei tão sutilmente, que você nem vai perceber.
E quando esse dia chegar,
Talvez seja tarde demais
Para pedir desculpas
Eu já terei tudo sobre controle.
Na próxima vez que for me usar,
Pense sobre isso
Veja que eu sou vingativa e que,
Você que irá sofrer dessa vez!

Desabafos, bobeiras, e etc e tal.

Palavras simples, mas que vem de algo muito mais complexo que simples letras arranjadas numa tela de computador.

Sabe o que é sempre que tocar o telefone *suspiros - ex telefone* e você, por mais que saiba que nao pode ser ele, sentir um friozinho na barriga esperando que possa ser? olhar para seus olhos e seu sorriso esperando coisas bonitas por meio de olhares ou palavras e não encontrar nada mais que simples feições? você sentir um sentimento inexplicável misto de euforia e felicidade quando vê a janelinha com o nome dele piscando no msn? e depois de tudo você percebe. não foi nada. nada. nada. foi apenas uma borboleta que pousou e logo saiu voando, e você espera que ela leve junto todo o seu sentimento para que se vá com ela, mas já está longe e longe.. e ele fica no seu coração, guardado junto á mágoas e ilusões que se perderam meio ao mar de coisas boas que você sentia! Se um dia fomos amigos ou amantes, hoje nada mais somos que duas almas separadas por uma ilusão de que um dia tudo poderia dar certo..

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Thinking :)

Dentre quimeras da minha alma, frutos do querer mais incansável que me toma frente á tua luz, apenas uma frase perpetua sobre meus vagos pensamentos: eu estava apaixonada.
Não quero fazer destas palavras aveludadas, de fazer bem aos ouvidos, mas sim apenas transparecer por fora o que a alma teima em sentir por dentro.
Teu sorriso acalenta-me o coração e me faz querer viver cada segundo como um século, só pra tê-lo junto á mim por longas primaveras. E por ele também, encontro em retalhos de meus sentimentos partes de ti que ficararam em mim e por lá permaneceram, remotamente perdidos, remotamente despedaçados.

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Insanidade psicológica.

Oh, doce, doce! Sublime olhar! Me engole por inteira e toma para ti meu mar de individualidades, meus quereres mais inimagináveis e contudo, a essência de mim. Logo sou tua, apenas tua, lábios que como num espéctro são um, doentes do mesmo se perdem na imensidão da loucura que os toma. Me perder ou te encontrar? és esplendor, és labirinto em que me perco quando me toma nos braços. Te quero com a alma, te quero com a vida, e no ardor de tua perda me encontro fracamente entorpecida. Vem ser meu, vem.

Por Isabella Rabelo.

Frutos da insônia :p

Dentre tantos, dentre outros lhe encontrei. E habitas dentro de mim como num sopro das várias faces do inimaginável, lhe tenho. Na rutilância de um sorriso teu antinomias, contrastes dos mais diferentes amores e sabores. És paradoxo e brotas em mim, tomas minhas palavras e as faz amarga e docemente tuas. Estás no equilíbrio de meu ser, és eu e você, mim dentro de mim. E agora lhe perder? Ah, meu bem, não entedes a complexidade do amor que deveras sente.

Por Isabella Rabelo.

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Para Felipe:

Meu riso tenso que não pára de correr,
Buscando paz na imensidão de teu olhar.
Tu és minha alegria de viver,
Tu és luz que não me canso de exaltar.

Busco com fervor os braços teus,
Meus lábios trêmulos doentes de teu calor,
Quero apenas teus contentamentos junto aos meus,
Quero desejar todos os dias esse doce amor.

Inquietante como uma criança,
Que tens profundo desejo.
Tenho apenas a esperança,
Que o amor seja terno como um beijo.

Quando eu for para um mundo distante,
lei da vida que não posso contestar,
enxugue o pranto da saudade confiante,
que meu amor sempre irá te acompanhar.

Poema feito por mim ao meu namorado, Felipe Negrão Antunes Rocha. Meu amor, minha eterna paixão, minha luz, minha vida :)

P.S: EU TE AMO.

Ahh, aliás, falando em PS Eu te amo, não poderia deixar de citar o filme que leva esse título. O MAIS lindo depois de Um Amor pra Recordar.. É o tipo de filme que você tem de assistir com uma caixinha de lenços ao lado, pois é realmente comovente. Eu adorei e recomendo ;)

Beijinhos ;*

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Sonhos.

Sonhar é de natureza humana. E vale muito a pena; mesmo que aquele abraço não seja seu, aquelas palavras não teriam como destino seus ouvidos. Sonhe até que as rosas deixem de exalar seu perfume, para que se tornem perpétuamente como um sonho realizado findado em felicidade.
Pois pra que mais servem os sonhos a nao ser para isso? Para adocicar a vida com sua ternura e que finde num BELO sorriso de satisfação :)

Enfim, deixemos pra lá as introduções, e não que seja de interesse do leitor, mas brevemente me apresentarei.
Isabella Rabelo Silva, 16 outonos muito bem vividos, São José dos Campos. Muito prazer :)
Nunca fui muito boa em "auto-denifinição", mas aos poucos, de acordo com minhas palavras, descobrirão ao menos um pouco de minha mutante personalidade. Extraordináriamente NORMAL :) Com meus defeitos e qualidades (ás vezes os primeiros mais acentuado que os segundos) eu vivo. E muito bem. Quem disse que na vida são só alegrias? Bom, poderão ser, se assim quiser que seja. Mas beem, aí já é outra história ;)

Muito prazer, e bem-vindo ao meu mundo õ/